terça-feira, julho 17, 2007

O pecado

Eu já falei aqui antes que não tenho nada de religiosa. Pelo menos acho que não...
No entanto, como sou parte do ocidente, não escapei da famosa culpa judaico-cristã que assola nossa cultura.
Prazer sem culpa não é prazer...

Esse final de semana quebrei um recorde do qual muito me orgulhava.
Há anos não ia ao McDonald´s.

Pois é, eu enchia a boca para dizer que nem me lembrava do último lanche que havia comido lá... Exceção feita aos sorvetes, claro!

Então descobri que eles finalmente aderiram ao mundo veggie e criaram um sanduíche feito de empanado de legumes.

Sabadão, geladeria vazia, marido fazendo um curso, e eu cansadíssima do shopping spree de sapatos do dia anterior, lá fui eu, rumo ao McDonald´s da roça.

Confesso que me senti mal.
Optei pelo Drive Thru, com medo de comer o lanche ali e ser vista por alguém...
Enquanto esperava o carro da frente pedir, me certifiquei que não o conhecia, antes de tirar os óculos escuros e soltar os cabelos...

Na minha vez, percebi que não sabia mais pedir lanche. Esqueci que havia "números", que facilitam ainda mais a vida do comedor de fast food. Tão fast que você nem perde tempo falando "big mac, batata frita grande e coca cola grande", já entra no speed dial: Número 1!

Pedi meu hambúrguer vegetariano, com queijo extra e uma batata frita pequena.
Pequena, para me sentir menos culpada...
E pra piorar, fui esperando falar com o microfone, não com uma moça de carne e osso.
Ao perguntar se podia colocar um pouco mais de queijo, ela se vira para a gerente e fala:

"A mulhé tá perguntando se pode colocar queijo no vegetariano?"

Mulhé???

"Olha, pode mas eu vou ter que te cobrar, viu? 80 centavos!!!"

Ao pagar, me senti dinossaura do Mac! Segurava uma bela nota de 10 reais crente que teria ainda algum troco. Afinal, era apenas um sanduíche e uma batata... pequena....!

"10 reais e 35 centavos!"

O que??? Na minha época lanche do McDonald´s era a opção de estudante sem grana, baratinho, baratinho... 10 pilas por um sanduba???? Que absurdo!

Bom emparelhei com o guichê seguinte, e mais uma vez me escondi... Vai que alguém na fila de dentro me conhece!
Me sentia como se estivesse no puxadinho de filme pornô do locadora, ou numa loja de dentadura, apavorada de ser vista por algum conhecido!

Saí dali aliviada, por não ter visto nenhum rosto familiar.
Já na rua, segura, fui acometida pelo cheiro do lanche de dentro do saquinho.... Coloquei-o no colo, e avancei na batatinha.... Esqueci da culpa... Não me lembrava do quão boa é a batata frita do McDonald´s.
Sem igual! Talvez nenhuma outra tenha tanta gordura e sal quanto ela, mas ainda assim.... De salivar!
Em casa, protegida dos olhares alheios, comi meu lanche. Sem graça... nada demais.
Não voltarei tão cedo pelo hambúrguer vegetariano, mas pela batatinha.....

Já vou até comprar aqueles óculos de fantasia de criança, que vêm com o nariz e o bigode...

Inté!

8 comentários:

Vladimir disse...

Entre a batatinha frita de ontem, de hoje e de amanhã, com muita ou pouca gordura, me encontrei bem confuso... Uns dizem que a gordura tal é ruim! Outros dizem que é ruim, mas necessária!... Se comer arroz, não coma feijão!... Se você não comer o arroz com o feijão, a proteína do feijão vai desaparecer... Frango é bom!... Que nada, tem colesterol pra cacete!... Ué, mas não era só na pelinha?... Vocês estão todos errados, pois um frangão inteiro não engorda ninguém!... Eu estou transparente, verde, mas feliz... Pra mim só semente de girassol, caldo de chuchu e suco de jaca!...
Moral da estória... Para cada salvação da gula inventada, uma culpa mais faraônica vem junto!
Sei lá se escrevi coisa com coisa, mas acho que é porque eu estou confuso, né não?

MH disse...

aaaah, a batatinha...
nunca gostei dos lanches do mac. Fico anos e anos sem ir, feliz. Mas a batatinha... hummmmmmm

(que bom que vc fez o teste e já me avisou que não vale a pena, estou em busca do veggie burger perfeito, como um que eu sempre comia no Canadá, e aqui não dá, não tem... Mas agora não vou mais experimentar o de lá!!)

beijo

mc disse...

Eu também não como McDonalds NUNCA! E tbm desaprendi a pedir...

Penso que, se tiver que comer um hamburguer, que seja do Fifties!

Putz, na roça não tem dessas coisas né???

Daniel´s disse...

Sensacional este texto..adorei..engraçado e mto bem escrito.

bju

Tati disse...

Vladimir, nos nossos tempo comida significa confusão mesmo, rsrsrs...

Mh, quase voltei pra batatinha ontem... Me arrependi de não ter comido, comi um pão de queijo sem graça......

mc, fifties????? na roça????? Não, aqui tem o Gordão e o Gordinho´s Lanches....

daniel´s, engraçado foi eu me escondendo no drive thru, isso sim, hehehe

Cláudia disse...

ai, eu tô até com medo de dizer, mas vá lá...
eu adoro os sanduíches do mc donald's! Em especial o mcnífico COM BACON, pronto, falei

Tati, fique tranquila que agora as batatinhas do mc são livres de gordura trans!

beijo

Gastón disse...

Oi, meu nome é Gastón

(Ooooooooi Gastón)

Eu estou há 8 meses sem ir ao McDonalds.

(Aplausos)

Tati disse...

Clau, como assim livres de gordura trans????? peraí que vou passar no drive thru e pedir uma gigante....

OOOOIIIII Gastón..... Aposto que tem compensado, não?