quinta-feira, setembro 20, 2007

Lugares...

Já falei aqui de alguns dos meus lugares favoritos no mundo... Entretanto, faltou um importantíssimo, que visitei na semana passada, com meus alunos: O Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz em São Paulo.
Sempre que piso ali me emociono...
A exposição sobre Grande Sertão Veredas foi absoluta e inesquecível, e desta vez, a transcedência da Clarice Lispector nos tirou a todos do chão. Fazer alunos de 11 e 12 anos se interessarem por Clarice foi trabalho árduo do monitor, mas muito bem realizado.
O museu é tão complexo que sei que eles absorveram pouco, assim como eu... Cada vez que ali vou, preciso de horas em frente ao painel com suas imagens e histórias de nossa cultura, de muita atenção ao quadro sobre as origens da língua e cada vez mais sensibilidade para a sala das palavras... Mágica....

Ouvir trechos dos nossos maiores poemas me emociona, mesmo.

Deixo aqui algumas fotos do chão desta sala, que é visita obrigatória a quem vem a São Paulo.
Quem mora aqui, então... Nem se fale!

Inté!!







E pensar que esse poema foi feito no século XVII... Cabe perfeitamente a nossos senadores, não?.... Renan Calheiros, essa é para você...


6 comentários:

Gatta disse...

Bárbaro! Pensar que uma pauslitana que adora ler e escrever nunca visitou... Vou passar lá no fds!
Bjs

Carol Piovesana disse...

Deve ser mágico mesmo!!!
O melhor de não ter ido lá ainda, é poder ouvir vc contar!
Um beijo minha querida!

Rubina disse...

Ok Tati, depois peço mais dicas, tá? Beijão

Anônimo disse...

ola jeca qto tempo....
nao so aquele museu mas todo seu entorno com a estacao reformada pinacoteca parque da luz estacao sp dops..... tem muito "amor" no que foi e esta sendo feito ali. nao lembro se ja citei cidades invisiveis para vc, mas a ultima cidade a que calvino se refer, ou melhor o ultimo dialogo entre khan e marco polo , marco polo diz que o inferno é o que vivemos e nos temos que procurar o que nao é inferno no meio de tudo e criar mais espaco para ele. Para mim aquela regiao é um oasis no meio de sp, um oasis de diferentes intervencoes na cidade feitas com carinho , amor e cuidado.

td

Anônimo disse...

desculpe a falya de acentos virgulas pontos mas hj foi comentario feito do meu palm no aeroporto.

td

Tati disse...

poi é, td, não tinha respondido seu comentário antes mas concordo 100% com a noção de inferno.... Tenho alguns oásis na minha vida, por isso vira e mexe escrevo sobre meus lugares favoritos.... Dos infernos, fujo... Ainda que de vez em quando seja até saudável mergulhar neles para não se perder e manter contato com a realidade...
bj