sábado, setembro 23, 2006

TPM...

Eu não acredito na mais remota possibilidade de qualquer homem (desde que não sofra de alguma disfunção hormonal crônica grave) algum dia, neste mundo, compreender efetivamente a TPM.

"Eu te entendo, sei que hoje tenho que ser mais delicado..."

"ENTENDE??? Como assim entede??? Você tem TPM??? TEM??? Não tem!!!! Então você não ENTENDE NADA!!!!!!, VAI SER DELICADO COM A VIZINHA!!!!" (e AI dele se for mesmo...)

e por aí vai... e o pior é que dá quinze segundos você está jogada nos braços dele chorando por que a blusa linda que você comprou ontem, e que no provador te deixou A cara da Gisele Bündchen, hoje te faz irmã gêmea da Chiquinha do Chávez....

Tem como qualquer homem balanceado quimicamente entender isso??? É pior que curva de autódromo, ele não pode ter a menor idéia do que vai encontrar do lado de lá...

A TPM é um momento tão delicado que eu costumo literalmente ignorar todos os meus pensamentos de ordem sentimental e prática... oops, ou seja, todos..... o que vem na minha cabeça nesses três dias vai direto pra lixeira, recycle bin...

"Nossa, com essa cara horrenda é melhor nem sair de casa..."

"Putz, acho que nasci para ser infeliz..."

"É melhor eu ir embora e ser voluntária da Cruz Vermelha no Afeganistão....."

Se a cada mês eu comprasse a passagem pros lugares que penso, abria uma agência de viagem pra fins de mundo...

Claro, esses pensamentos passam não sem causar um estrago fenomenal, não sem abalar estruturas internas e externas... (do ser masculino mais próximo, especialmente...)

Parece uma raiva direcionada... É como se eu me vingasse dele por ele não sangrar continuamente e muito, por 5 dias seguidos...

"Poxa, se ele não sangra, tem que sofrer por outros meios.... Como FAZÊ-LO sangrar deve ser contra a lei, e ele é um pouco maior que eu, vai sofrer por um período contínuo de incertezas, alfinetadas e mal humor... Mas vai sofrer, ah, vai..."

Nessas horas ninguém melhor do que uma amiga ou qualquer ser feminino que sofra do mesmo mal, nem que seja a tal vizinha que você antes quis jogar pro seu marido.

Desde que, claro, ela também não esteja de TPM.......

Inté! e bom fim de semana

3 comentários:

Pedro Rais disse...

Cunha querida, me diga uma coisa... vc estava de tpm quando escreveu isso? Tah otimo! os outro tb! muito legal mesmo ler o q vc pensa e escreve! grande beijo

Anônimo disse...

Tati concordo plenamente com vc..os homens precisam começar a aprender um pouquinho mais!!!!beijos

Carol Montone (Yôga) disse...

Tati adorei seu blog. Parabéns e obrigada por divulgar. Vc é muito figura menina. Não imaginava que tinha um humor tão apurado. Ri muito. Vou passar sempre por aqui. Tb to tentando montar um espaço para mimd epoesias e pensamentos soltos depois te falo. beijos e até a prática. Vc é uma jeca lindona da Silva viu