sexta-feira, abril 17, 2009

Rugas, rugas e rugas....

O que você faz com a informação de que o Muro de Berlin está sendo restaurado para a festa de comemoração de 20 anos de sua queda???
Eu vou fingir que não me lembro daquele dia, de que não tenho perfeita memória do Pedro Bial ainda não grisalho anunciando o evento... Vou fingir surpresa quando rever as cenas do povo martelando o muro e me surpreender com quem disser que se lembra tão bem.....

Vou também fingir que não estive lá 4 anos depois e que, no auge da minha ainda inocência, comprei no próprio local um souvenir altamente suspeito, um pedaço do muro quebrado...

Mais ainda, apaguei da minha memória que, de volta ao Brasil, meus amigos (incluindo o já revelado Tenho Dito) correram ao pátio do colégio, selecionaram uma pedrinha qualquer e colocaram nela um aviso "Pedra do Neolítico encontrada por arqueólogos".

De lá para cá tanto aconteceu... Vou ter que fingir que não me lembro da queda da URSS, que acho que Perestróika é como as mães russas chamam a piriquita das suas filhinhas, e que Glasnost deve ser o nome de algum refrigerante da terra de Dostoiévsky....

Também tenho que dizer que nem imagino quem foram os caras pintadas...
Se parar para pensar, vou ter que passar por louca e dizer que é impossível me lembrar das Diretas Já, em 82..... Morte de Tancredo? Nem imagino que estava no carro da minha vizinha voltando para casa à noite....
Imagina então quem se lembra da morte da Elis Regina!!!!! E do Aureliano Chaves anunciando que a moeda ia mudar... Povo velho.....

20 anos da queda do Muro.....

E parece que foi ontem...
Ou melhor, hã?

7 comentários:

Cláudia disse...

Xiu! Quieta! Essas coisas de data não devem ser mencionadas em público, que não fica nem chique.

Pior que isso é saber que o pajem do próprio casamento já tem uma filha duns 5 anos de idade.

Preciso começar a pensar em investir num botoxzinho.

beijo

Rubi disse...

É verdade, o tempo voa e nós umas moçoilas somos hoje mulheres...lol...

Obrigada pela explicação, diospiros portanto.

Música pimba é um género musical (que abomino por acaso) popular, versos por vezes brincalhões ou com conotação sexual, muito popular junto da comunidade portuguesa emigrante, sobretudo com fraca formação cultural. Penso que é um género de música sertaneja lá em Portugal. Tá a ver o género?

Beijinhos

Ricardo disse...

auahauah, "pedaço suspeito"..não consegui imaginar como vc diria pessoalmente a frase em que tem isso...
sobre a pátria que faz nascer defensores militares, deixa eu ver se intendi: O pais cria desde cedo um exercito baseado na crença (pessoas exploradas pode ser?), no caso do oriente médio, os deuses, e tem aquele fato, que ninguém pode esquecer do "homem bomba que vai para o paraiso" e tal. Na minha opinião é exploração de pessoas que vivem presas dentro de uma só cultura, e os inocentes que sofrem por isso, aqueles que não guerreiam e sofrem as consequencias.
São dois tipos de inocensia então.

O diário de Carol disse...

Verdade Tati, o tempo voa nem começou o ano direito e já estamos no 2° bimestre ! (loucura) :O

Tchuls disse...

Tiazinha! Tiazinha! Tiazinha!

Beijo, tia Tati.

Anônimo disse...

MUITO BOM!!!!!! Caraca, já faz tudo isso??? Meu Deus, não pode ser, eu tb lembro!!! Nossa, tô velha.. e ainda nem uso creme anti rugas.. preciso correr atrás do prejuízo!!
Caia

ANNA disse...

É... por via das dúvidas eu uso filtro solar e hidratante todos os dias.
Beijo
urbAnna